Um Ponto, uma Prece: pontos cantados na Umbanda



Olá, seja bem-vindo ao "Um Ponto, uma Prece"!

Clique aqui para ver a apresentação do blog.

Clique aqui para visualizar / conhecer o Hino da Umbanda.

Clique aqui para entender como fazer comentários sobre os pontos e textos do blog. Os comentários podem ser feitos a qualquer tempo, independente da data de publicação do post.

Confira o índice completo das postagens no lado direito do blog.

Abraço fraterno e muito Axé!
Saravá!

Recado de Preta Velha


"Nêga véia pede licença zifio, pra trocá dois dedo de prosa com suncê.

Esta nêga não entende nada zifio e, ainda, tem muito o que aprender.

Nêga véia não entende como amar, pode significar privar os outros de viver.

Nêga véia não entende como pode ser feita a guerra para se conseguir a paz; e nem por que, com a paz verdadeira, os zifios nunca se satisfaz.

Tantos zifios cheios de vida e com medo de morrer, outros zifios tão longe da morte e com medo de viver.

Muitos zifios corajosos só para fazer o mal, outros zifios tão medrosos de realizar o bem.

Mas o que esta nêga véia menos entende é como os zifios pode tirar as vida dos outro e dizer que é em nome de Deus.

Como os zifios pode se achar melhor que os outros por que diz que tem Jesus no coração.

Os zifios tem que se comportar e agir como irmãos não por que pensam da mesma forma, moram no mesmo casuá ou partilham das mesmas idéias e ideais; os zifios tem que agir como irmãos tão somente porque são fios do mesmo pai que é Zambi.

E o mestre Jesus fiados, tem que estar no coração de suncês não para suncês achar que são melhor que os outros, mas sim para suncês serem melhores que suncês mesmos, para cada dia que passar suncês ser cada vez melhor que no dia que se passou: melhores em espírito e virtudes.

Estas lágrimas nos seus olhos zifio, pra nêga véia é um aprendizado.

Este choro ensina a nêga que suncê entendeu ela e que o mundo pode ser melhorado.

Esta nêga também chora zifio e roga a Zambi que as lição de Jesus suncês todos possam aprender, e que coloquem o aprendizado em prática para que possam crescer.

Todos juntos, neste divino pranto, irmanados lado a lado.

Pois todo o pranto que vem da alma zifio, também é sinal de aprendizado.

Saravá a Deus nosso pai!!!
Saravá a umbanda!!!
Saravá a linha dos pretos velhos!!!"


Fonte: http://espiritualistas.comze.com/?p=650

4 comentários:

Laura disse...

Chorei.

Amo os Pretos Velhos! Salve essa linda falange, salve "Nêga véia"!

Laura disse...

Olá Rachel! Seja muitíssimo bem vinda ao mundo dos blogueiros, rs

De verdade, seja bem vinda a todos os blogs, e faça comentários sempre que quiser!

Rachel disse...

Oi sabe o que pensei?
Num ciclo de leituras poéticas, como um teatro simples, mas rico. E com temas da umbanda, fazendo de cada noite de leituras, um tema, com coletâneas de texto de diversas fontes. Por exemplo: "preces de uma nêga véia", com ensinamentos e várias mensagens dos pretos velho Imagine que lindo, um cenário acolhedor. Outro dia "memórias do cigano" e relatos espirituais encontrados sobre vários ciganos... Assim por diante, compreende que lindo um projeto assim, e o acesso que traria as pessoas nesse espaço respeitoso aos ensinamento dos mentores espirituais. Que achas?

Laura disse...

Rachel, ótima idéia!

Devias montar um projeto, e apresentar ao Terreiro! Acho que essa idéia pode ser uma ótima semente para um novo grupo no Terreiro do Pai Maneco e em outros que venham a gostar da idéia!

Abraço com axé!